O que acontece quando um estudante de Comunicação, fanático por música, resolve falar sobre o tema? A resposta está aqui... um blog ao estilo Jukebox de ser, que tenta fazer um mix de todos os questionamentos e dicas sobre uma arte essencial para viver, a música.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Essa é A BANDA!!!!

Olá rapaziada, quero dedicar o post de hoje para apresentar – a quem não conhece – uma das melhores bandas de rock da Bahia. Formada pelo vocalista Pedro Pondé, o baixista Junior Martins, o tecladista Israel Jabar, o guitarrista Taciano Vasconcelos, e o baterista Daniel Ragoni, a banda O Círculo tem a cada dia reqafirmado a qualidade do trabalho atraindo cada vez mais publico na capital do axé.

O Círculo faz um rock alternativo, influenciado por diversos estilos musicais, dentre eles o reggae e a mpb. A banda traz em suas letras situações do cotidiano, criticas sociais e baladas românticas, tu no melhor estilo rock’n’roll.

Conheci a banda há, mais ou menos, um ano e simplesmente viciei. Letras de uma qualidade singular, arranjadas e harmonizadas de forma fantástica. Como se não bastasse, a interpretação do líder da banda, Pedro Ponde, é um show a parte. É absolutamente fantástico ver o show dos caras. Uma energia única.

A mais ou menos 1 mês, escuto quase que diariamente o Cd de lançamento – Depois de Ver (Indicação do mês do Juke). O cd possui 14 faixas que seduz mesmo aqueles que não são tão fãs do rock’n’roll, como eu. As reflexões gerada pela faixa A Janela, o romantismo de Meu Bem (escutem a música abaixo), a releitura de Muito Romântico,música de Caetano Veloso, e a realidade social de Cano na Cabeça são algumas das canções apresentadas por eles e que deixam claro a percepção musical da banda.

Sem mais delongas, apresento abaixo duas faixas que curto muito e deixo o conselho de que busquem o cd – é MUITO BOM!!!!




Espero que curtam!!!!


Depois de Ver - O Círculo (faixa que dá nome ao cd)



Meu Bem- O Círculo





Contatos da Banda:

Orkut - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=14081531
MySpace - http://www.myspace.com/ocirculo

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Polêmica à vista!!!

Pois é galerinha, não sei se já tomaram conhecimento mas, a moderação da Comunidade Discografia, no Orkut, está desenvolvendo um "mutirão" para evitar a exclusão da comunidade. A comunidade, que disponibiliza links contendo arquivos de álbuns completos de música, formulou um abaixo-assinado digital para tentar evitar que a comunidade seja tirada do ar.

O processo solicitando a retirada da Comunidade Discografia foi aberto pela APCM (Associação Antipirataria Cinema e Música) e está sendo analisado pelo Google. No entanto, segundo o site, a comunidade só poderá ser retirada se ficar comprovada a inexistência de debates e trocas de informações entre seus participantes, que seria o objetivo principal de toda e qualquer comunidade do Orkut. Por isso, além de mobilizar os participantes da comunidade e usuários em geral, os moderadores começaram a divulgar e aconselhar os membros da comunidade a incluir nos tópicos, além dos links com os arquivos, comentários e debates sobre o álbum, o artista ou um tema afim.

Como não poderia deixar de ser, os membros da Discografia já atenderam aos apelos da moderação e começaram a mobilização em prol da comunidade. Vejo a comunidade como uma DISCOGRAFIA efetivamente. Seria uma pena perder todo conteúdo informacional existente nela. Agora só nos resta esperar pelo resultado. Mobilizem-se, participem, criem tópicos, colaborem.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Tecnologias

Olá galerinha, nesta última semana, a pessoa que agora vos escreve conheceu um Blog super bala: o LEORAMA. O blog tem, basicamente, como temas condutores, a música, a publicidade e a tv. Bem, embora seu foco principal não seja a música, decidi “queixar” (como se diz aqui em Salvador) aos caras uma parceria entre o Leorama e o Juke – que pra minha satisfação, foi aceita. A parceria será, na verdade, num dos diferenciais do blog dos caras: o RAMACAST, que é o podcast suuuuuper massa, produzido pelo Leo, Enrique e Raminha (do Leorama) e pelo Danilo (do PontoD) – e se tudo der certo, a partir do 4º Ramacast, por mim, Tiago (do JukeBoxMix).

Agora é só ouvir os 3 primeiros Ramacasts (muito massa!!!) e aguardar o próximo, com a nova participação (to ansioso galera... rs)

Enfim, após as novidades, vamos ao assunto da vez TECNOLÓGIA.

Hoje enquanto passeava pelo Leorama, fui apresentado pelo Raminha a algumas novas tecnologias do mundo da música, dentre elas uma guitarra que possui um sistema de afinação automático – que é diferente do afinador eletrônico – e um tal de Reactable que, segundo ele, é utilizado pela Björk. O equipamento é uma espécie de sintetizador sonoro, com uma aparência super Hi-Tec, que eu não entendi muito bem como funciona. (Confira Aqui)

Estas novas tecnologias me fizeram me questionar sobre como será o futuro da música em meio a todos esses aparatos e lançamentos tecnológicos. O mais louco da tecnologia, não só ligada à música, mais de forma geral, é a velocidade com que ela muda. Se pararmos pra pensar, o cd é um objeto tecnológico relativamente novo, no entanto, já está ficando obsoleto. Usamos o IPod, MP3, 4, 5 e por aí vai, a todo momento, mesmo em casa quando poderíamos parar para ouvir um cd. Mas ninguém nem mais os têm. Cd hoje em dia só é utilizado pra fazer beckup de informações e olhe lá.

Tratando deste debate, lembro-me de uma noticia que li no jornal (se não me engano, no Folha) e que vai, justamente, na contramão deste processo. Enquanto caminhamos para extinção do uso do cd enquanto mídia para música, a extinta POLYGRAM está prestes a ser reaberta aqui no Brasil para retomar a produção de Vinis, que tem seu consumo aumentado nos últimos 2 anos.

Não sei se teria estimulo para voltar a ouvir vinil. Tecnicamente não saberia dizer a diferença qualitativa. Mas, quantas serão as tecnologias que virão não apenas como um ponto de transição, ou será que isso não é possível?

Enfim, pessoalmente, no caso da música, acredito que tais tecnologias só podem ser avaliadas enquanto a sua aplicação e não quanto a sua existência. Não sei como a Björk utilizou o citado instrumento tecnológico, mas, se produziu um efeito legal, ta valendo.


Aí galera, gostaria de saber a opinião dos possíveis leitores deste blog. Valeu.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Olha a mensagem....

Aí galera, gostaria de compartilhar com vocês um video da Christina Aguilera e que achei muito massa. Não só a música (letra e melodia) é bonita, como também a produção do vídeo é muito bem feita. Se bem que, em si tratando de artistas internacionais, com grande visibilidade e todo um aparato Holliwoodiano, como é o da Christina, não se podia esperar outra coisa.

Vi o Clip pela primeira vez dentro de um ônibus aqui de Salvador, que tem sistema de tv com uma programação prórpia - e é claro que tinha que ter música. Enfim, o clip passa de forma emocionante o relacionamento entre pai e filha e a interpretação da Christina Aguilera torna a música ainda mais emocionante.

O lirismo, retratado na magia do circo e nas imagens que lhe situam num tempo passado, reforçam o lado emocional da música. Fico a pensar: será que, neste caso (e em tantos outros), a música sem o auxilio das imagens emocionariam da mesma forma? Provavelmente sim - até porque a reprodução da imagem é muito mais recente que a do som - mas, é inegável que o reforço é imprescindível.
Bem, para quem não conhece o video, aí vai... Espero que gostem.

Christina Aguilera - Hurt

video

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Elis Regina - um poema.





Oi pessoas, após um mês sem nenhuma nova linha escrita, cá estou pra tentar correr atrás do prejuízo. Além da falta de tempo, muitos outros fatores (psicologicos - é bem verdade... rs) interferem nessa produção que, assumo hoje o compromisso público de não deixar ocorrer mais. Prometo escrever, pelo menos, uma vez por semana. Nem que seja postar uma música que eu goste.

Bem, essa atualização de hoje foi muito avaliada, visto que estarei postando um conteúdo meu - o qual não me sinto inteiramente seguro de compartilhá-lo. Mesmo este já tendo sido postado numa comunidade do Orkut.


O texto que posto logo abaixo, escrevi no início de 2006 enqanto escutava o Cd da Elis - artista que simplesmente amo - e lamentava o fato de nunca ter tido a oportunidade de vê-la (nem ao menos pela tv) já que ela havia morrido antes de eu nascer... Adoraria ter tido a oportunidade de pelo menos acompanhar (um pouco que seja) sua carreira... Mas não foi possivel. Dai... fazendo essas reflexões acabei por escrever esse texto que agora divivido com vocês.

Como falei, apesar de ter postado esse poema na Comunidade Elis Regina, no Orkut, publicá-lo neste blog toma uma outra proporção e me deixa tão inseguro quanto eu estava quando o postei no Orkut. De qualquer forma, quem tá na chuva é para se molhar. Espero que gostem.


Abraços!!!!



Elis Regina - um poema.

Um olhar triste
Um sorriso contagiante
Ao soltar a voz e cantar,
Fazia o mundo se emocionar
Por ser baixinha,
Era chamada de Pimentinha
Elis, por que quis partir
E nos deixaste aqui?
Não era sua hora...
Você não precisava ir embora
Você tinha que ficar
E nossos corações tocar
Com aquelas belissimas canções
Que quem escrevia sabia
Não seriam apenas cantadas
Mas com a alma interpretadas.
Que saudade Elis!


Tiago Cardoso.


PS: Por favor, não sejam tão mordazes nas críticas. huahuahauha