O que acontece quando um estudante de Comunicação, fanático por música, resolve falar sobre o tema? A resposta está aqui... um blog ao estilo Jukebox de ser, que tenta fazer um mix de todos os questionamentos e dicas sobre uma arte essencial para viver, a música.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Tecnologias

Olá galerinha, nesta última semana, a pessoa que agora vos escreve conheceu um Blog super bala: o LEORAMA. O blog tem, basicamente, como temas condutores, a música, a publicidade e a tv. Bem, embora seu foco principal não seja a música, decidi “queixar” (como se diz aqui em Salvador) aos caras uma parceria entre o Leorama e o Juke – que pra minha satisfação, foi aceita. A parceria será, na verdade, num dos diferenciais do blog dos caras: o RAMACAST, que é o podcast suuuuuper massa, produzido pelo Leo, Enrique e Raminha (do Leorama) e pelo Danilo (do PontoD) – e se tudo der certo, a partir do 4º Ramacast, por mim, Tiago (do JukeBoxMix).

Agora é só ouvir os 3 primeiros Ramacasts (muito massa!!!) e aguardar o próximo, com a nova participação (to ansioso galera... rs)

Enfim, após as novidades, vamos ao assunto da vez TECNOLÓGIA.

Hoje enquanto passeava pelo Leorama, fui apresentado pelo Raminha a algumas novas tecnologias do mundo da música, dentre elas uma guitarra que possui um sistema de afinação automático – que é diferente do afinador eletrônico – e um tal de Reactable que, segundo ele, é utilizado pela Björk. O equipamento é uma espécie de sintetizador sonoro, com uma aparência super Hi-Tec, que eu não entendi muito bem como funciona. (Confira Aqui)

Estas novas tecnologias me fizeram me questionar sobre como será o futuro da música em meio a todos esses aparatos e lançamentos tecnológicos. O mais louco da tecnologia, não só ligada à música, mais de forma geral, é a velocidade com que ela muda. Se pararmos pra pensar, o cd é um objeto tecnológico relativamente novo, no entanto, já está ficando obsoleto. Usamos o IPod, MP3, 4, 5 e por aí vai, a todo momento, mesmo em casa quando poderíamos parar para ouvir um cd. Mas ninguém nem mais os têm. Cd hoje em dia só é utilizado pra fazer beckup de informações e olhe lá.

Tratando deste debate, lembro-me de uma noticia que li no jornal (se não me engano, no Folha) e que vai, justamente, na contramão deste processo. Enquanto caminhamos para extinção do uso do cd enquanto mídia para música, a extinta POLYGRAM está prestes a ser reaberta aqui no Brasil para retomar a produção de Vinis, que tem seu consumo aumentado nos últimos 2 anos.

Não sei se teria estimulo para voltar a ouvir vinil. Tecnicamente não saberia dizer a diferença qualitativa. Mas, quantas serão as tecnologias que virão não apenas como um ponto de transição, ou será que isso não é possível?

Enfim, pessoalmente, no caso da música, acredito que tais tecnologias só podem ser avaliadas enquanto a sua aplicação e não quanto a sua existência. Não sei como a Björk utilizou o citado instrumento tecnológico, mas, se produziu um efeito legal, ta valendo.


Aí galera, gostaria de saber a opinião dos possíveis leitores deste blog. Valeu.

18 comentários:

Jeff McFly disse...

Rapaz... acredito que o vinil, assim como o cd é uma tecnologia morta. Acho qure não vale a pena fazer um revive.

Abraço e vamo que vamo!

Leorama disse...

Mesmo sendo um viciado em tecnologia e acreditar que a midia propriamente dita está morta o vinil volta como mais uma peça de colecionador e como as pick ups virou artigo de luxo e entra como uma peça pop na sua casa com certeza o vinil volta com força

P.G. disse...

Olá, pessoal! Primeiramente, quero dizer que achei bastante legal o blog de vocês.
Sobre este post e analisando um pouco que ignorantemente, acredito que o vinil terá sua produção voltada para um público em específico. Por se tratar de uma tecnologia ultrapassada e, porque não dizer, de peça de museu, será visto como uma "obra de arte" e por isso altamente valorizado. Isso refletirá no valor para o consumidor. Sob a ótica publicitária, creio que uma comunicação eficiente seria capaz de despertar o interesse de consumo para o público-alvo.
É isso aí.

Bju.

Rubens Rodrigues disse...

Aew, ganhei um mp7 esses meses, muito bom, nada como a tecnologia^^

Aquele que anda no Vidro disse...

A tecnologia é fascinante, e no futuro as opções serão grandes.
Eu gosto de Vinil, não como item a ser colecionado, o som é quase que natural, sem resmaterizaçòes, sem efeitos eletronicos ara correção! e o fundo fica com aquela impressão abafado! como se estivesse mais viva a banda^^

MP3 pouca gente percebe, mas é de muito baixa qualidade^^

Mas é maravilhoso ter mp3^^

A Tecnologia nos ajuda e nos destrói, assim era desde o início dos tempos, o conhecimento faz de uns sábios, de outros, assassinos^^
e será assim sempre^^

abraços.

Leonardo Dognani
www.florestadeconcreto.wordpress.com

P.G. disse...

Ah! Que legal! Um coleguinha... Vamos trocar figurinhas então. Hehehe

roas77 disse...

O meu pai tenho ceteza que aprova .. mas eu sinceramente não vejo vantagem em reviver isso.

Acho que não vai dar certo!!

Abç.

http://moemaemdebate.blogspot.com/

Pâmela disse...

"Massa"
HAUHAUHAUHAU
Não se fala assim onde eu moro.

Gui By Lg7 disse...

oh kra mto obrigado por ir ao meu blog..o seu tb tha bem bacana sab...gostei msmo....vlw

http://lg7fortalezace.blogspot.com/

Renata disse...

Ultimamnete eu ando tão perdida em realçao a tecnologia, que pra mim, ultima geração é meu mp3de 1 giga rsrsrs

Karla Hack disse...

O vinil é algo para colecionador..
Algo para se ter em casa.. mas não mais como um tecnolgia..
O cd também vai caminhas para o mesmo rumo!

Quanto ao filme... bem ele é um documentário.. mas não sei informar se o encontra em locadoras ou a venda.. assisti pelo canal Discovery Home&Health

;D

bjus

Kacau disse...

o blog é massa, sobre o vinil nem sei se rola não, pode virar modismo e como modismo passar, a tecnologia nos encantam com novidades a cada minuto e ficamos como hipnotizados com tudo isso, eu fico pelo menos...


http://messnatural.blogspot.com/

roas77 disse...

Olha eu de novo ..

Sucesso pra vc ..


Abç..

Karla Hack disse...

Olha eu a qui de novo!!
Só pra comentar..
Amei ver a trilha do across the universe entre suas preferidas!

;D

bjus

30 e poucos anos. disse...

Vinil ??? Vamos evoluir né !!!

Parabéns pela nova parceria e pelo blog que está show de bola como sempre.

Finim disse...

Realmente, os CD's estão caindo no esquecimento!

Danilo disse...

gostei do blog da dica, um blog que mistura publicidade e música diicilmente é ruim.

Conto atômico & cômico disse...

vinil é demais!