O que acontece quando um estudante de Comunicação, fanático por música, resolve falar sobre o tema? A resposta está aqui... um blog ao estilo Jukebox de ser, que tenta fazer um mix de todos os questionamentos e dicas sobre uma arte essencial para viver, a música.

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Parabéns Cazuza.

Não posso deixar de comentar sobre o aniversariante do dia – Cazuza.

Como noticiaram muitos veículos de comunicação na Internet, se vivo estivesse, Cazuza estaria completando hoje meio século de vida. E poderia, se não tivesse se entregue a uma vida desregrada recheada de drogas e promiscuidade.

Assistindo hoje a uma antiga entrevista concedida pelo cantor a repórter Leda Nagle (site G1) ouvi o próprio Cazuza admitir ser uma pessoa EXAGERADA, no amor, nas experiências, no comportamento, enfim, em tudo. Exagero esse traduzido poeticamente na numa das muitas músicas de grande sucesso do cantor – Exagerado (1985 – ano em que nasci).

Tendo iniciado sua carreira com a banda Barão Vermelho – formando uma parceria de sucesso com Frejat (idealizador da banda) – em 1985, Cazuza abandonou a o Barão Vermelho em plena gravação do 4º disco da banda (quase escrevo “cd”). Como fica claro no filme biográfico Cazuza – o tempo não para, nem mesmo o Frejat, roqueiro e, também, usuário de drogas, conseguiu conviver com o exagero do Cazuza.

A Aids, doença que vitimou o poeta, foi descoberta no mesmo ano que começou sua carreira solo e daí pra frente, senão todas, muitas das musicas do cantor foram completamente influenciadas pelo drama pessoa que ele vivia.

Algum tempo atrás recebi uma mensagem – dentre muitas que chegam no e-mail, vidas sabe-se lá de onde – em que, se não me engano, uma psicóloga criticava justamente o fato da juventude dos anos 80 e 90 terem como ídolo o Cazuza.

Como podemos cultivar um ídolo como Cazuza? Concordo que suas letras são muito tocantes, mas reverenciar um marginal como ele, é, no mínimo, inadmissível. Marginal, sim, pois Cazuza foi uma pessoa que viveu à margem da sociedade, pelo menos uma sociedade que tentamos construir (ao menos eu) com conceitos de certo e errado. No filme, vi um rapaz mimado, filhinho de papai que nunca precisou trabalhar para conseguir nada, já tinha tudo nas mãos. A mãe vivia para satisfazer as suas vontades e loucuras. O pai preferiu se afastar das suas responsabilidades e deixou a vida correr solta”, critica a psicóloga.

Repassei o e-mail e recebi respostas calorosas de fãs que haviam entre meus contatos, e também eu achei um pouco de exagero da parte dela mas, não dá pra negar que ela tem certa razão. Não só podemos, como devemos, apreciar e reverenciar a obra do artista. Mas de fato é preciso dissociá-las do exmplo do individuo.

Não posso deixar de mencionar alguns dos grandes sucessos deste gênio transviado: Bete Balanço, Pro Dia Nascer Feliz, Ideologia, Beija-Flor, Faz Parte Do Meu Show, e muitos outros. A lista poderia ser muito maior do que é hoje se ele não houvesse SE SUICIDADO. Mais um gênio da música que a droga e o desregramento nos leva.

Infelizmente, não podemos mais dizer: Feliz Aniversário.

Faz Parte do Meu Show - Cazuza.

18 comentários:

Rafael Puime disse...

Pra mim, o melhor letrista que o Brasil já viu!
Foda-se o que ele fez da vida, pelo menos ele fez o que lhe fazia feliz!
Que descanse em paz, onde quer que esteja!
Grande Abraço!

Dancer disse...

Eu tenhu u livro com a biografia dele todinha.

Q pena q um artista tão bom acabou no q acabou!

Mais é isso ai, bola pra frente.

E obrigado pelo comentário que vc deixou no meu blog ^^

ED CAVALCANTE disse...

SOU ABSOLUTAMENTE FÃ DO CAZUZA. QUANDO EU ESTUDAVA VIOLÃO TINHA SEMPRE UMA MÚSICA DI CAZUZA OU DO BARÃO. CRESCI OUVINDO ESSE ROCK BRAZUCA DE QUALIDADE. AGORA,NÃO DIGA QUE A MOÇA DO E-MAIL EXAGEROU, CAZUZA ERA SIM UM CARA COMPLICADO. DETESTEI O FILME. ACHO INCLUSIVE QUE O LADO MARGINAL DO ARTISTA FOI COLOCADO ACIMA DA PRÓPRIA ARTE.

SEU BLOG É MUITO BOM, CARA!

Tom disse...

O cara era bom e com certeza
faz falta para o cenário
da música brasileira.

www.indicacao.wordpress.com

DAN disse...

Cazuza, de fsto, viveu como quis,
sou grande fã de suas músicas mas não tanto da sua pessoa, uma grande perda para a música...

http://www.pontodcom.blogspot.com/

Celle disse...

Cazuza tem trilha sonora pra dar e vender...sempre tem algo q se encaixe na minha vida! Uma pena ter nos deixado tão cedo...

Bjussssssssssssss

Tatiana disse...

Oi, Tiago...
Gostei do seu texto, mas achei um erro: o Barão Vermelho não foi idealizado por Frejat, mas por Guto Goffi e Maurício Barros. Eles, sim, são os fundadores da banda.

Os dois recrutaram Dé Palmeira de um festival escolar e ele, por sua vez, chamou Frejat, que na época fazia com ele aulas de guitarra...

No meu texto, como falava dos 50 anos de VIDA, evitei enfatizar a morte. Então, achei muito pesada você falar em suicídio. Discordo...

Cazuza VIVEU com todas as forças dele, até o fim. Acho o adjetivo inadequado...

Mas é isso aí... a gente tem que lembrar dele sempre!!!!

Abraços!!
Tatiana

(ps: como adoro música, vou colocar um link do seu blog no meu, ok?)

SouMusic disse...

Tatiana, entendo você ter achado pesado o termo que usei. Geralmente me refiro assim as pessoas que se drogão, sobretudo qnd exageram muito. Acho q faço isso por revolta msm (lê o post sobre Whitney e cia)....

Mas o acho um genio...

Natália Coelho disse...

Não conheço muito as musicas dele,mas de qualquer forma, a morte é uma perda.
E sei que a dele foi e é sentida por muitos fãs.

abraço

Euzer Lopes disse...

É... Cazuza realmente era um gênio.
"Codinome beija flor" é um hino!

Alex Alves disse...

O Cazuza é um gênio,num tem outro adjetivo pra esse cara

Faloww

Nana Lopes disse...

Uma pena alguém tão jovem morrer assim, aliás uma pena qualquer ser humano morrer seja la do que for!

Rafael disse...

Tiagão, vou add seu link na minha lista de melhores blog.

Ok?

Abraços afetuosos amigo conterrâneo.

Rafael disse...

Cazuza é um íconi. Seu blog é um dos melhores que conheço.

Seu blog é uma ressalva a primeira arte.
Gosto dele de verdade.


Valeu blogueiro conterrâneo.

Mario Henrique disse...

Uma pena que, assim como tantos outros mega astros de qualidade, a vida dele tmb se perdeu por causa de drogas e etc...

mas seu modo de vida é incomparavel..
viveu aproveitando ao maximo...sem medo de ser feliz e deixar de viver!

se puder, visite:

http://esfiha-berta.blogspot.com

DAN disse...

Fala brother, valeu mesmo pelo feed lá hehe, mó honra!

Sobre o país lá, da estônia, você não deve ter visto, tem lá sim! mas não é muito útil não hehe, só vem quem fez isso também!

Abraço!

http://www.pontodcom.blogspot.com

Denise Machado disse...

Eita! Que delícia!
"vida desregrada recheada de drogas e promiscuidade."

E continuar sendo gente, não ser corrupto, nem carola, nem hipócrita!

Só gênios, tipo o Cazuza.

Não foi um HIV qualquer que matou o fantástico artista, foi a covardia do governo que o inventou.

Errei. Cazuza está vivo. Fala a mim e me melhora todos os dias.

Davi Arloy disse...

Ah, Cazuza foi e sempre será Rei. Sem mais.

Quanto ao LastFm cara, é só você fazer sua lista lá no site do Last mesmo, aí você vai em widigets na parte superior que vai ter player de lista ou qualquer coisa assim. Ai ele vai criar o player e vai ter um botaozinho do Blogger com um codigo html pra vc por aqui.

Fico meio confuso mas o caminho é esse mesmo. rs

Abs