O que acontece quando um estudante de Comunicação, fanático por música, resolve falar sobre o tema? A resposta está aqui... um blog ao estilo Jukebox de ser, que tenta fazer um mix de todos os questionamentos e dicas sobre uma arte essencial para viver, a música.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Sem horas e sem dores, respeitável público pagão... Sintaxe à vontade...

Postado por Midiã Noelle
foto: Lorena Lima

Reconheceram esse título? Pois é... Quem é blogueiro e gosta de Internet, sabe de quem estou falando. São eles, a Banda O Teatro Mágico.
Uma mistura de Sarau, com diversos estilos de músicas e um figurino nada convencional de clowns. O Teatro Mágico, banda surgida no “Mundo Mágico de Ozzz...Osasco”, como diz o Fernando Anitteli, líder do grupo, conseguiu conquistar inúmeros fãs, em menos de cinco anos, apenas com a ajuda de um veículo comunicacional: A Internet.
Atualmente a maior comunidade deles no Orkut, possui mais de 70 mil pessoas. Imaginem aí? Daqui a dois dias vai passar a comunidade da Ivete Sangalo (olha ela de novo) que tem se não me engano, quase 200 mil pessoas, rsrs.
Eu, particularmente, não irei mentir, sou fã de carteirinha. Os dois únicos shows que eles fizeram em Salvador, eu fui, e nos em ambos eu tive a oportunidade de falar com eles, até entrar no camarim. Mas, o quero frisar é a inserção da Indústria Cultural no contexto Mágico Teatral da Trupe.

A Indústria
O discurso “Contra Burguês, baixe mp3”, é um jargão muito utilizado por Anitelli, só que ao mesmo tempo em que ele é a favor dos downloads, e contra a “burguesia”, esse “idealismo”, se torna contraditório. Pois, quem é a burguesia?
Paremos e analisemos, quem possui computador em casa? Ultimamente o acesso a Internet está bem mais fácil, é óbvio, mas não querendo ser excludente e com visão preconceituosa, qual o nível de ouvintes da banda o Teatro Mágico? Não são os filhos da burguesia?
Sim, somos nós os filhos da classe média. Lembrando que esse “burguês” a qual ele se refere são as indústrias musicais que “comem” o dinheiro do artista sem dó, nem piedade.
Se formos pensar no contexto de Indústria Cultural, é simples. Seria definido como a Mercantilização da Cultura. O Teatro Mágico é a favor de baixar arquivos na Internet, o vilão das grandes gravadoras. Ponto para o TM! Mas esse processo de massificação de super câmbio da música, não acaba por perder a Aura* da música? É irônico, pois a pirataria é a resposta, ou melhor, um tapa de luva na “cara” da Indústria Cultural, que na verdade foi quem criou a pirataria acidentalmente.

[...] O processo que leva à superação da cultura burguesa tradicional da obra de arte única etc., se carrega inegáveis potencialidades no sentido da democratização da cultura, é essencialmente um processo de constituição de uma cultura e de uma forma de produção cultural especificamente capitalistas, representando, antes de tudo, a vitória mais retumbante do sistema: a extensão da lógica do capital ao campo da cultura e ao conjunto dos modos de vida.(Bolaño, 2000, p.117)

Os ouvintes
No ponto de vista, soteropolitana, moradora da capital Baiana. É impossível não receber um choque cultural e social, ao ir num show deles, é uma borbulha de informações, de pessoas, de jovens que em sua maioria se dizem de mente muito aberta, evoluída, entretanto, ao saírem do show, voltam a ser aqueles mesmo playboys e patricinhas, que não gostam de poesia, não sabem o que é o estilo cordel (pensam apenas que é uma banda), vivem de interpretar personagens para tentarem se inserir num contexto pseudo-intectual de ser, e enganam a eles próprios.

*Aura – Era a forma como Walter Benjamim, frankfurtiano, estudioso da Sociedade, se referia a perda da autenticidade, com a perda do testemunho histórico de uma arte.

Esse assunto dá muito pano pra manga. Estou produzindo um artigo referente a isso. Quando estiver pronto, e eu abordar todas as vertentes possíveis, sem cair no clichê, na visão do senso comum, e quebrar paradigmas meus, e os estipulados pelo assunto. Depois postarei aqui, para vocês analisarem, e opinarem.

26 comentários:

SouMusic disse...

Não conheço a banda. vou ter q visitar o Youtube...
hehehhee

E, enqnt ñ tenho grana suficiente, sou a favor do cd piratex!
huahuhauhau

Ah... mto esperta a srta... posta seu artigo aki pra v a reação do publico pra depois apresentar pra quem vai te avaliar né?1 :P


Parabéns pra nós, o blog ta massa!!!

Gabriel Sioli disse...

Cara, conheço o "Teatro Mágico". Eles são realmente muito bons no que fazem... Tive a oportunidade de assistir a um show deles em Uberlândia, mas, infelizmente, não fui. Confesso que me arrependi profundamente.

Parabéns pelo blog de vocês! Tudo de bom e muito sucesso!

Matheus disse...

Cara nunca ouvi falar desses caras...
mas boa sorte nessa materia que vc está fazendo!!

Zanfa disse...

Também nunca ouvi falar não...

E acho que nunca comprei um CD na vida. =p

um pouco de quase tudo disse...

teatro mágico é perfeito, arte, poesia e cultura.

Muito bom. pArabéns por ter falado sobre eles.

Caio Rudá disse...

Tiago, antes tarde do que nunca :P Bog atualizado... hehe

Bem, nunca ouvi essa banda. Na verdade, ouço mais músicas internacionais, mas já que essa banda não é tão famosa assim, as chances de ser boa são grandes. Vou experimentar...

Seu Hélio disse...

Primeiramente, obrigado por comentar em meu blog. E obrigado por fazer um bom comentário, o que é melhor.
Olha, não tenho muita experiência como blogueiro, e assim como você comecei recentemente. No entanto, a frequência de suas postagens varia de acordo com sua disponibilidade num determinado período. Procuro manter uma frequência mínima de um post por semana, para não cansar leitores mais assíduos.

Apesar de eu ser um ente atômico vivo em uma cidade e adivinha qual? A própria, Osasco. Eu também já fui no show do Teatro Mágico por aqui mesmo e confesso que me surpreendi. Não musicalmente, pois acabei não gostando tanto, mas por causa do discurso diferente, das letras, da encenação e do público, que contava desde crianças à idosos, numa distribuição mais ou menos regular. Enfim, uma banda digna de respeito, certamente.

Concordo no que diz a respeito da burguesia. Seus filhos são responsáveis pela ascensão do grupo, é um discurso desgastado com certeza. Enverada-se muito o material como sinônimo do ser. Não se olha mais caráter, se olha heranças, posses e influências de famílias. Os filhos da burguesia, apesar de contar com alguns que se mostram rasos e ingênuos intelectualmente são os que têm a maior potencialidade para transformação. Dentro dela é que se alia o conhecimento que a riqueza pode proporcionar com a ação social que o dinheiro não se fez em tempo de amordaçar. Caso contrário, não teríamos Leon Trotsky, Friedrich Engels, Chico Buarque de Hollanda, entre outros...

Parabéns pelo blog, continue se empenhando em textos de qualidade. Os esforços e disciplina são grandes, mas a recompensa é maior ainda.

Aliás, sinta-se convidado a frequentar constantemente o meu blog. Tomei a liberdade de adiconá-lo nos meus favoritos.

Um abraço, nos veremos mais vezes

http://www.auquemia.blogspot.com

Amanda disse...

E um viva aos filhos esclarecidos da burguesia!

Leiliane Lopes disse...

gostei bastante do texto de hj, apesar de não conhcer o grupo.
Realmente quem possui acesso a internet é um minoria com poder aguisitivo, a ideia dele se contradiz mesmo.

Dta

Thiago! disse...

Num gosto deles naum!!
mas vc conhece Cordel do fogo encantado! é muito bom!!

e quanto ao ultimo episódio de Smallville!
é o ultimo da temporada!
ainda tem a setima temporada!^^

Diego Rodrigo disse...

Teatro Mágigo...
Saido daqui vou procurar no youtube, 4shared e por aí vai...

Cara essa é uma situação muito complicada de se comentar. Na minha opinião se a banda resolve usar o maior meio de comunicação, o mais rápido, porém não os das massas que é a internet! Ótimo blz!
afinal quem quer dá vinte reais em um CD quando se pode esperar uns 30 minutos e algum espaço no HD pra ouvir o mesmo CD!

"Contra o burguês baixe MP3!!"
Não acredito que exista tanta contradição nesta frase, que por sinal vou começar a utilizar. Veja bem, o Burguês, que o teatro mágico se refere são as gravadoras que lucram absurdos em cima dos músicos, esses empresários são geralamente capachos do governo o multinacionais que só exploram quem tem o dom de fazer música!
Um computador hoje custa em média mil reais, com umas boas parcelas muita gente já tá comprando, assim, não se dá pra comparar essas pessoas com os empresários

vlw cara!
ótimo post!
Meu blog

Touro Bravo disse...

Nunca vi O Teatro Mágico, deve ser mt legal msm...Ainda ñ tive oportunidde de ver..

Parabéns pelo Blog e o Post...


http://tourobravo.blogspot.com/

Edu D'ant disse...

Parece ser bem maneiro...
Junta coisas q eu goisto para fazer arte.....

bonito e original...

**************************************
Visita, ja q vc pulou da ultima vez...

http://www.novosfilmesnatela.blogspot.com/

Alcione Torres disse...

Muito bom! Coloquei esse blog nos meus indicados.
http://sarapateldecoruja.blogspot.com/

Edu D'ant disse...

trakilo leke...
abraço!!!

Paulo Roberto disse...

Já ouvi falar só por nome mesmo, não conhecia a fundo, agora conheço um pouco e sem sombras de duvida o negocio é bom...
Acho até q ja vieram ao recife.
Mandou ver aqui no texto.

Um abraço!

HenriqueM disse...

Pra mim, nada melhor que sentir o material do CD original em minhas mãos.
O encarte, as fotos...
Enfim, demoro mais compro quando quero muito.

Tiago Enes disse...

Oi

O Blog tá muito legal!
Bons posts!

Parabéns!

Abraço!


Se puder visite!!!

http://tiagoenes.blogspot.com/

Fabrício Persan disse...

e a industria fonográfica vive uma crise seríssima !!
e da-lhe download !! A-d-o-r-O ³ !
hehe...

Adoro o TM ! Música, poseia, teatro e circo se auto-completam e tudo se torna de uma dignidade ímpar ! BravO!

essa questão da burguesia é mto complicada.... isso é papo até naum quentar mais.
abçOS.t+

Rafael Portillo disse...

É muito bom tomar conhecimento destas coisas que não caem na midia popular.

Alias, alguem ai arrume um pistolão para eles ou coisa parecida.

Eles tem de aparecer na televisão ou em outra midia.

Alguem ai faz um podcast com eles.

http://rafaelportillo.blogspot.com

Moniquetudybom disse...

as pessoas sempre se contradizem
acho que de tudo o que você escreveu é isso que eu penso.
As ideologias humanas são sempre contraditórias, mas não tem como fugir delas.Então agente vive
Com a questão da pirataria dá relamente pra saber quem é cer e quem é errado?Eu acho que não!
amoooooooo O teatro mágico!

Jonathan disse...

Oie!! sou um dos donos do blogg MIX MUSIC ROX, vi seu interesse sobre layout e resolvi te ajudar.

pra entrar em contato comigo pode ser pelo msn jhonzitOo@yahoo.com.br

costumo entar no msn pela manha e a noite.

é bahiano tambem é?! hehe legal!


gostei do seu blog, precisa mesmo é mudar a cara dele!!

abraçOO!

LoS FanFarOeS disse...

pow!!! TM eh bom d++.. a banda soh veio uma vez aqui em Ribeirão Preto, e eu não tive a oportunidade de ir..... mas conheço e adoro a banda....... estilo bacana, e muita atitude!!!

XyBeR disse...

Aquele artigo sobre "Reflexo em um óculos de sol" é para Photoshop, estou usando a versão CS3.
Agradeço a visita e pelo comentário xD

http://cristianosalomao.blogspot.com/

Daniel disse...

Parabéns à equipe pelo Blog. Conteúdo legal, textos pertinentes... gostei!

Abração,
Daniel Branco

Pedro disse...

Adoro TM, mas infelizmente não consegui ir a shows deles.

De qualquer maneira, além de disponibilizar via internet seu CD eles costumam vender por R$ 5,00 não é muita coisa e ainda dizem que se continuar caro "copiem do cd do amigo"...

Acho que eles tem uma boa posição com relação à indústira fonográfica.
________________________
Histórias para Ler